Seguir

sexta-feira, 21 de junho de 2013

A história do meu filho

Lembro do nosso primeiro encontro, foi em um sonho e  eu não pude ver o seu rosto, o mais incrível é que você não era uma criança, mas um homem adulto, nesse mesmo dia, horas mais tarde eu descobri que estava grávida. Lembro que essa gestação foi totalmente diferente das outras que eu já tinha ouvido falar, pois eu não senti enjoos  náuseas, dores, eu não sentia nada além do enorme amor por você. Eu estava incrivelmente bem, a minha saúde havia melhorado em todos os aspectos, até o meu humor estava melhor.
Tudo estava indo bem, até que em uma tarde eu comecei a sangrar, e a partir desse momento o sangramento não parou mais, e eu senti lá no fundo, que você estava indo embora, que eu  estava te perdendo. A partir desse dia foi feita uma série de exames, consultas, idas ao hospital e acompanhamento com 03 médicos diferentes.
Apesar de aparentemente as coisas estarem se estabilizando, o meu coração sabia que não era bem assim, mas o seu pai tinha tanta fé, orou e pediu tanto a Deus que eu me senti pequena diante desse amor tão grande ele sentia por você, e nesse momento eu senti que vocês dois estavam ligados, não apenas pelo laço parental, de pai e filho, mas também por um amor muito maior , o amor do espírito.
Infelizmente, na madrugada de domingo eu sonhei que estava em um hospital, e as paredes, as portas e o piso era totalmente branco, e ali eu sabia que iria me despedir de você. Quando acordei e fui ao banheiro percebi que havia algo estranho, mas resolvi voltar para a cama e ficar quietinha, infelizmente na segunda feira o medo tornou-se real, eu havia perdido você.

Nessa mesma noite fiquei internada no hospital, e às 02 horas da madrugada de terça feira, fui sedada para fazer a curetagem, nesse período sonhei com você novamente, mas dessa vez eu via o seu rosto, você olhou para mim e agradeceu, pediu que eu não ficasse triste, que você havia feito um pedido para mim e que eu havia aceitado, que o seu pedido havia sido ficar apenas por um curto espaço de tempo nesse plano, e com isso estaria livre e poderia seguir a diante e evoluir, lembro que você voltou a me agradecer e me abraçou, momentos depois quando acordei da anestesia, a única coisa que eu falava era que havia perdido você e que nunca mais iria tê-lo ao meu lado. Nessa hora eu senti a sua presença, foi como se eu pudesse abraçá-lo.
 E hoje quero dizer que mesmo que na minha visão, nos meus pensamentos e nos meus sonhos você apareça como um homem adulto, para mim você será sempre o meu bebê, e  para sempre será o meu filhinho.



  

6 comentários:

  1. Nossa amiga que lindo! Me emocionei aqui. Não cheguei a ter sonhos com o meu bebê, sonhei sim que tinha feito um exame e eu não estava grávida, hj sonho até acordada, com uma bebê gordinha eu tirando ela de um bercinho, tipo um cesto e colocando ao meu lado na cama.
    Estes seus sonhos, remetem bem ao que eu sinto, nossos bebês precisavam do nosso amor para poderem evoluir, fomos as escolhidas, as privilegiadas, eles sabiam que cumpririamos a nossa missão, mas acredito que eles não sabiam que ia doer tanto.

    Beijos, um abraço bem apertado

    ResponderExcluir
  2. Fiquei emocionada com o seu relato. Que o Senhor conforte seu coração e te dê a força necessária para seguir em frente!!! Bjão!!!

    ResponderExcluir
  3. é flor....nunca vou ter palavras pra vir aqui e te dizer nada...porque ainda sinto tanto pela perda da minha Isabella e sei como vc deve estar se sentindo..Deus te abençoe e te conforte sempre. bjs com asas

    ResponderExcluir
  4. Lindo esse texto amiga... Consegui sentir em suas palavras tudo que vc sentiu...
    Quando eu comecei a sangrar também no fundo já sabia que havia perdido meu tão sonhado filho.... Parece que é desde essa hora que Deus vem nos consolar e soprar em nossos ouvidos que nosso missão acabou ali....


    Beijooos

    http://esperadomeupresentinho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá, adorei o seu blog, ao ler alguns posts, vi que você é uma pessoa esforçada que só quer falar e ser ouvida na blogosfera, assim como eu. Posso dizer que gostei muito do que li, vc tem um potencial enorme e sei que será um grande blog de fácil entendimento e conteúdo gostoso de ler. Sou Luciana Shirley do blog http://coisasecoisasdalu.blogspot.com.br/ se desejar me visite e siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderExcluir
  6. Oiii...
    Tudo bemm?
    passei pelo seu blog

    ♥Parabêns pelo blog♥

    Sou uma tentante,..e em busca do meu sonho...Ter um bebê!!

    Que possamos compartilhar momentos juntas...

    Se puder, visita meu blog..e já estou te seguindo...

    Uma futura mamãe...
    http://escolhidospordeus1505.blogspot.com.br/

    A compra do nosso Apê
    http://nossosonhocastelo.blogspot.com.br/

    Querido Diário
    http://meumundocorderosa15.blogspot.com.br/

    bjinhos
    No amor de Cristo!

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita e pelo comentário, que Deus te ilumine sempre.